Blog do Ninho

Acompanhe nosso blog de Marketing Digital com notícias sobre Marketing, novidades, ferramentas e tudo o que você precisa para traçar as melhores estratégias.

Home / Blog do Ninho / Convergência midiática, a teoria de Henry Jenkins

Convergência midiática, a teoria de Henry Jenkins

Publicado em: 10 de maio de 2022

Convergência midiática, a teoria de Henry Jenkins

A Convergência Midiática ou Teoria da Convergência é um conceito desenvolvido pelo pesquisador americano Henry Jenkins, em 2006. Ela reflete sobre as transformações na sociedade possibilitadas pelo desenvolvimento tecnológico e o uso simultâneo de vários tipos de mídia. 

O primeiro a falar sobre o assunto foi Ithiel de Solla Poll, na década de 80. Na época, o estudioso apontou que um processo, que poderia ser denominado de convergência, estava corroendo as fronteiras entre os meios de comunicação e seus usos. No entanto, o fenômeno pôde ser mais percebido nas últimos anos após o início da Internet e aparecimento das redes sociais.

Teoria da Convergência

A cultura da convergência trata de variados aspectos da sociedade e do fluxo de conteúdo em várias plataformas. Porém, enfatiza sobretudo a convergência das mídias, que entende que quanto mais tipos de mídias coexistirem com um determinado propósito, mais harmoniosa a mensagem se torna.

Ela pensa a cultura presente entre as mídias e as pessoas, onde a forma de utilizar determinado suporte tecnológico acaba convergindo em uma só. O fato é que convivemos cada vez mais com diferentes tipos de mídia ao mesmo tempo, como celular, tablet, notebook, televisão, rádio, streaming, entre outros. 

Um bom exemplo dessa hiperconectividade é o movimento dos indivíduos que assistem uma série ou televisão e twittam sobre o assunto.

A Convergência Midiática incentiva a participação dos indivíduos. (Foto: Oladimeji Ajegbile/Pexels)

Leia também: O uso das redes sociais no Brasil e as mudanças durante a pandemia

Henry Jenkins, cunhador da ideia, diz que ela é a “palavra que define mudanças tecnológicas, industriais, culturais e sociais no modo como as mídias circulam em nossa cultura”.

Características da Convergência Midiática e exemplos

Algumas características são pontos-chave na Convergência Midiática. Veja quais:

  • Cultura participativa: dar voz aos indivíduos por meio de votações, enquetes, caixas de perguntas, possibilidades de comentários, etc. Exemplo: reações de “curtir, amei, haha” em conteúdos das redes sociais ou votação para eliminar participantes nos realitys shows.  
  • Inteligência coletiva: sob a ótica da cultura da convergência é quando um grupo chega a novos conhecimentos e práticas de maneira que todos estejam usando a mesma linguagem e dinâmica social. Exemplo: quando uma determinada #hahstag fica entre as primeiras no Twitter, diversas pessoas debatem o mesmo assunto e juntas têm um acréscimo da capacidade intelectual.
  • Transmídia: quando a mesma mensagem e conteúdos são modificados para serem distribuídos em diversos meios. Um exemplo é uma reportagem televisiva editada de forma diferente para ser publicada no Facebook da mesma emissora. 
  • Crossmedia: quando a mesma mensagem e conteúdo são exibidos em mídias diferentes sem sofrer alterações. Um exemplo é uma reportagem televisiva que é compartilhada sem mudanças no canal de Youtube da emissora. 

Leia também: Saiba tudo sobre as tendências do mercado digital: Growth Marketing e Marketing Digital

Na publicidade digital e comunicação 

Em suma, a Convergência Midiática nos mostra que hoje em dia não é mais possível pensar nas mídias de forma separada. Elas estão todas interligadas e interagem simultaneamente umas com as outras. 

Ao elaborar um plano de comunicação, marketing digital ou publicidade é preciso levar em conta as várias plataformas online e offline por onde a mensagem irá circular. Além disso, é necessário não medir esforços para ter um monitoramento integrado e constante das mídias.

É obrigatório ainda entender o que o público fala, quer e gosta, respeitar suas opiniões e incentivar uma cultura participativa. Ao mesmo tempo em que divulga sua mensagem ou publicidade, de forma coerente e unificada, nas várias mídias disponíveis, conforme elas surjam  no mercado. 

Autores

Compartilhe esse conteúdo:
Facebook Twitter Whatsapp Linkedin
Deixe seu comentário

Materiais para você relacionados

×

Tem dúvidas? Entre em contato:

× Olá!