Blog do Ninho

Acompanhe nosso blog de Marketing Digital com notícias sobre Marketing, novidades, ferramentas e tudo o que você precisa para traçar as melhores estratégias.

Home / Blog do Ninho / Como surgiu a Internet no Brasil, no mundo e quem inventou

Como surgiu a Internet no Brasil, no mundo e quem inventou

Publicado em: 9 de maio de 2022

Como surgiu a Internet no Brasil, no mundo e quem inventou

Como surgiu a Internet é uma pergunta que muitas pessoas ainda se fazem, mesmo ela estando presente em nosso cotidiano e já tendo revolucionado a nossa forma de viver. A verdade é que a invenção da Internet foi um processo longo que iniciou durante a Guerra Fria, nos Estados Unidos da América (EUA), na década de 60. Mas para que todos consigam entender como tudo aconteceu, preparamos um resumo especial sobre a origem e evolução da Internet.

Primeiramente, é importante saber que quem inventou a Internet foram cientistas e pesquisadores residentes nos EUA. O objetivo era criar uma rede de conexão entre os computadores do Departamento de Defesa e as comunidades científicas que colaboravam com o setor, com o intuito de descentralizar informações valiosas e impedir que elas fossem perdidas em caso de bombardeio. Assim, foi dada a largada para a criação da Internet

Resumo de como surgiu a Internet

Na história da Internet, o crédito de quem definiu pela primeira vez o conceito inicial da rede é dado a Leonard Kleinrock. Em 1961, ele escreveu um artigo intitulado “Fluxo de Informação em Grandes Redes de Comunicação” e falou sobre a possibilidade de uma rede de computadores interligados

Quatro anos depois, em 1965, dois computadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT) Lincoln Lab se comunicaram usando a tecnologia de comutação de pacotes. Em 1969, a Rede de Agências de Projetos de Pesquisa Avançada do Departamento de Defesa dos EUA (ARPANET), que  usava uma estrutura de rede que passava por debaixo da terra para dificultar sua destruição, foi iniciada. Já em outubro do mesmo ano, os computadores do Centro de Medição de Rede da UCLA, o Stanford Research Institute (SRI), a Universidade da Califórnia-Santa Barbara e a Universidade de Utah foram interligados pela rede e foi criado o primeiro sistema operacional, chamado Unix, para a web. 

Em 1971, o programador Ray Tomlinson enviou o primeiro email do mundo e em 1972 introduziu o email em rede. Em 1973, a University College of London (Inglaterra) e o Royal Radar Establishment (Noruega) se conectam à ARPANET e nasceu o termo Internet. No próximo ano, foi a vez do surgimento do primeiro Provedor de Serviços de Internet (ISP) com a introdução de uma versão comercial da ARPANET, conhecida como Telenet, ser criado. 

O surgimento da Internet possibilitou uma revolução de costumes. (Foto: Pixabay)

Ainda no início da década de 80, países como Holanda, Dinamarca e Suécia também passaram a usar uma rede similar.

É importante destacar que mais tarde, em 1983, a ‘Aparnet’ foi dedicada inteiramente para fins científicos, enquanto uma rede secundária chamada ‘Milnet’ ficou a cargo dos objetivos militares. Entretanto, a troca de informações entre computadores ainda era utilizada apenas em meios acadêmicos nos EUA e ela só foi liberada pela primeira vez para uso comercial em 1987.

Leia também: O que você precisa saber na hora de contratar influenciadores digitais

No entanto, para que houvesse a difusão mundial da Internet e que computadores de todo o mundo pudessem trocar informações era preciso que existisse um protocolo com o qual todas as redes pudessem se ligar. Foi então que a criação do aplicativo World Wide Web (WWW) para navegação e, na sequência, o desenvolvimento do primeiro navegador nomeado de Mosaic finalmente possibilitaram o início da popularização da Internet para a sociedade em geral. 

Como surgiu a internet no Brasil e sua evolução

No Brasil, a conexão da Internet iniciou em 1988 com uma parceria entre o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e as comunidades acadêmicas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). 

A Internet no Brasil só foi liberada para fins comerciais em 1995. (Foto: Pixabay)

Em 1989, o Ministério de Ciência e Tecnologia criou a a Rede Nacional de Pesquisas (RNP) para coordenar a distribuição da Internet em solo brasileiro. Inicialmente, a rede estava restrita ao uso de instituições de ensino e pesquisa do país e somente em dezembro de 1994, a partir de um projeto piloto da Embratel, foram permitidos acessos através de linhas discadas. Finalmente, em 1995 a rede foi aberta para toda a população através da exploração comercial privada. 

Leia também: O uso das redes sociais no Brasil e as mudanças durante a pandemia

Veja a evolução da Internet na linha do tempo: 

  • 1961: Pesquisador publica artigo que idealizava a Internet.
  • 1965: Dois computadores no MIT Lincoln Lab se comunicam usando a tecnologia de comutação de pacotes.
  • 1969: A primeira rede real a funcionar nos EUA (Aparnet) e a criação do Unix.
  • 1970: A rede Aparnet é estabelecida entre a Universidade Harvard, Massachusetts Institute of Technology (MIT) e a empresa que criou os computadores usados.
  • 1971: Ray Tomlinson envia o primeiro email.
  • 1972: França inicia seu próprio projeto de rede tipo Arpanet
  • 1973: A Arpanet fez sua primeira conexão transatlântica com a University College of London e os email’s são responsáveis por 75% de toda a atividade da rede Arpanet.
  • 1974: Nasce o primeiro provedor de Internet
  • 1975: Primeiro programa de email moderno é desenvolvido por John Vittal.
  • 1976: A rainha Elizabeth II aperta o “botão enviar” em seu primeiro email.
  • 1977: Primeiro modem para PC , desenvolvido por Dennis Hayes e Dale Heatherington , é introduzido e inicialmente vendido para entusiastas de computadores.
  • 1978: Primeiro spam é enviado.
  • 1979: Estreia a primeira forma de jogos multiplayer, na época, mundos virtuais inteiramente baseados em texto.
  • 1980: Entra em cena o Usenet, sistema de discussão baseado na Internet.
  • 1982: Nasce o primeiro emoticon.
  • 1983: Computadores Arpanet mudam para TCP/IP.
  • 1983: É criado o Sistema de Nomes de Domínio (DNS), que estabelece o conhecido sistema .edu, .gov, .com, .mil, .org, .net e .int para nomear sites. O que tornou os endereços da Internet mais amigáveis para os humanos.
  • 1984: William Gibson, autor de “Neuromancer”, é o primeiro a usar o termo “ciberespaço”.
  • 1985: Desenvolvimento do The WELL uma das comunidades virtuais mais antigas ainda em operação.
  • 1985: Symbolics.com, o site da Symbolics Computer Corp, em Massachusetts, torna-se o primeiro domínio registrado.
  • 1986: Inicia a ‘Guerras de Protocolos’ entre os EUA e os países europeus para definir um sistema de Internet único. Mais tarde o modelo americano vence e é adotado em todo mundo.
  • 1987: A Internet cresce com a adoção do padrão TCP/IP.
  • 1988: O Internet Relay Chat (IRC) é implantado pela primeira vez e abre caminho para o bate-papo em tempo real e os programas de mensagens instantâneas que usamos hoje.
  • 1988: Ocorre o primeiro grande ataque malicioso baseado na Internet. Chamado de “The Morris Worm”, foi escrito por Robert Tappan Morris e causou grandes interrupções em grande parte da Internet.
  • 1990: O primeiro provedor de Internet discada comercial, The World, é lançado. No mesmo ano, a Arpanet deixou de existir.
  • 1991: São criados a primeira página web e o primeiro protocolo de pesquisa baseado em conteúdo.
  • 1991: MP3 torna-se um padrão e a primeira webcam é usada.
  • 1993: Mosaic, o primeiro navegador gráfico para o público em geral, é lançado.
  • 1993: Casa Branca e as Nações Unidas lançam suas páginas online e marcam o início dos nomes de domínio .gov e .org .
  • 1995: A comercialização da Internet ganha impulso com mais segurança e possibilidade de transações financeiras. Também iniciam as vendas online.
  • 1996: O HoTMaiL é lançado, o primeiro serviço de webmail.
  • 1998: A primeira grande notícia divulgada online é o escândalo Bill Clinton/Monica Lewinsky.
  • 1998: O Google é lançado, assim como o Napster, abrindo as portas para o compartilhamento de arquivos de áudio pela Internet.
  • 1999: Começa a funcionar o Projeto [email protected], que analisa os dados do radiotelescópio em busca de sinais de inteligência extraterrestre.
  • 2001: A Wikipédia é lançada e abre caminho para geração coletiva de conteúdo da web/mídia social.
  • 2003: MySpace, rede social de fotos, começa a funcionar e logo se populariza.
  • 2003: É assinada a Lei de Controle do Ataque à Pornografia e Marketing Não Solicitados de 2003, mais conhecida como Lei CAN-SPAM.
  • 2004: Advento das Mídias Sociais e o Facebook, inicialmente aberto apenas para estudantes universitários.
  • 2005: É lançado o YouTube, streaming de vídeo gratuitos para as massas.
  • 2006: O Twitter começa a funcionar.
  • 2007: Ocorre um grande movimento para colocar programas de TV online.
  • 2007: São lançados o iPhone e com ele a Web Móvel.
  • 2008: Acontece a primeira “Eleições na Internet” durante a disputa para a presidências dos EUA. Os candidatos aproveitaram ao máximo tudo o que a rede tinha para oferecer.
  • 2009: A Internet completa 40 anos.
  • 2018: Há um aumento significativo de dispositivos habilitados para Internet. Um aumento na Internet das Coisas (IoT) prevê cerca de sete bilhões de dispositivos até o final do ano. 
  • 2019: Redes de quinta geração ( 5G ) são lançadas, permitindo conexão mais rápida à Internet em alguns dispositivos sem fio. ]
  • 2021: Em janeiro de 2021, existem 4,66 bilhões de pessoas conectadas à Internet. Isso é mais da metade da população global. 
  • 2022: A Internet via satélite em órbita baixa da Terra está mais próxima da realidade. No início de janeiro de 2022, a SpaceX lança mais de 1.900 satélites Starlink no total. A constelação agora está fornecendo serviço de banda larga em áreas selecionadas ao redor do mundo. 

Fonte: Live Science 

Autores

Compartilhe esse conteúdo:
Facebook Twitter Whatsapp Linkedin
Deixe seu comentário

Materiais para você relacionados

×

Tem dúvidas? Entre em contato:

× Olá!