Blog do Ninho

Acompanhe nosso blog de Marketing Digital com notícias sobre Marketing, novidades, ferramentas e tudo o que você precisa para traçar as melhores estratégias.

Home / Blog do Ninho / Como fazer um bom briefing: 3 ferramentas incríveis!

Como fazer um bom briefing: 3 ferramentas incríveis!

Como fazer um bom briefing: 3 ferramentas incríveis!
Conecte-se no Linkedin: Linkedin

Hoje quero dividir com vocês uma das principais atividades do atendimento. Além de ser uma das maiores responsabilidades de uma agência, é também uma das mais frequentes. O problema é que nem sempre a gente sabe como fazer um bom briefing.

Bom vamos lá: por trás de todo projeto existe um processo criativo. Para que dê tudo certo, é necessário fazer nada mais, nada menos do que um bom (e completo) briefing. Mas o que fazer para ser assertivo na entrega do projeto? A resposta é simples: quanto mais elaborado, mais fidedigno será o resultado final.

Por que saber como fazer um bom briefing?

O briefing é o direcionamento de tudo, é o norte da produção. Através dele sabemos como seguir, quais testes fazer, o que vai funcionar… E uma das coisas mais importantes: o que não devemos fazer. É a melhor maneira de chegar em um resultado mais completo, tanto na parte estratégica para o marketing em si, quanto para alcançar – ou superar – as expectativas do cliente.

ferramenta de briefing

Aqui no Ninho, nós fazemos dois briefings. O primeiro nós chamamos de “perfil do cliente”, fazemos uma análise bem macro. Lá agregamos várias informações que nos ajudam a entender quem é o cliente. O que colocamos nesse perfil? Dá uma olhada, é bem simples:

  • O que é a empresa
  • O posicionamento da empresa perante o mercado
  • O que ele quer (como empresa)
  • Quais são os concorrentes (diretos e indiretos)
  • Qual o público que ele quer atingir
  • Pontos fortes e fracos da empresa

Após entender o cliente e suas necessidades, vamos ao segundo briefing, que é do projeto em si. Não importa se o serviço contratado é de Social Mídia ou a Criação de um Site com WordPress, que tem um processo bem extenso e mais robusto. Cada briefing tem sua particularidade, de acordo com o produto.

Por isso é tão importante ter a convicção de que todo e qualquer projeto exige uma estratégia para dar certo. E você só terá um bom resultado se tiver um briefing de qualidade. Pode acreditar em mim, ele faz toda a diferença

Pode parecer óbvio dividir o processo em duas partes – uma macro e outra micro – para entender o cliente e o projeto. Mas nem sempre o óbvio é seguido à risca, não é mesmo?! E isso causa cada desgaste… Para ambas partes.

Perceba que o briefing depende única e exclusivamente de você. Existem ferramentas que facilitam esse processo, porém ele não terá sucesso se você não definir o que deve ser perguntado. O segredo está em entender o cliente e o que ele quer com aquele projeto. Arrisco dizer que esse é o parágrafo mais importante do conteúdo – e olha que ainda nem acabou 🙂

ferramenta criação de briefing

Agora chegou a parte mais legal deste texto (eu espero que você tenha gostado do que leu até aqui :D). Depois de dar uma dica que parece boba mas faz toda a diferença no seu processo criativo, eu trouxe três opções de ferramentas para a criação de briefing.

O que posso usar para fazer um briefing completo?

Se você quer saber como fazer um bom briefing, veja algumas ferramentas que vão ajudar você nessa tarefa. Aqui no nosso Ninho a gente usa bastante. Confira!

Google Forms

Se você achou que ele serve apenas para pesquisas acadêmicas, vamos abrir a mente, parsa! O briefing também é um trabalho de pesquisa, dependendo do produto que você está ofertando, o Google Forms acaba sendo uma ótima fonte para coleta de informação. Com perguntas objetivas você consegue um briefing de projeto bem bacana. Te garanto!

Evernote

É uma ótima ferramenta para organizar informações. Possui diversos recursos que irão facilitar a sua vida. Pode funcionar como checklist, onde você separa as informações que deseja coletar por tópicos. A ferramenta também te ajuda a priorizar ideias, projetos, e até mesmo listas de tarefas! Já vem com alguns modelos prontos, e aceita diversas integrações. Vale super a pena, que tal testar no seu próximo projeto?

Bloco de Notas

Sim, o velho e bom bloco de notas é uma ótima maneira de criar um briefing. Você separa as perguntas mais importantes e vai conversando com o cliente e anotando tudinho que ele te conta; é uma maneira descontraída para fazer a criação do briefing. Porém, lembre-se que é importante ter algumas perguntas prontas para direcionar o cliente e também para não deixar escapar pontos chave. Uma conversa tende a passar por diversos assuntos e pode acabar perdendo o foco. Então lembre-se: o bloco de notas pode ser ótimo, mas é necessário uma atenção extra ao criar um briefing com ele!

Essas três ferramentas são extremamente eficientes se você souber exatamente o que deve perguntar. Se separar o processo em duas partes, fica ainda melhor para criar um briefing bem completo e chegar com todas as informações que a sua produção irá precisar durante o processo criativo e ter um resultado incrível!

Curtiu as dicas de como fazer um bom briefing? Tem alguma ideia diferente? Compartilhe com a gente nos comentários abaixo! 🙂

Compartilhe esse conteúdo:
Facebook Twitter Whatsapp Linkedin
Sobre o(a) autor(a)
Julia
Linkedin
Julia Bettega

Formada em Relações Públicas pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, é fascinada pelo mundo da comunicação. Geminiana (real) com ascendente em Sagitário, adora ouvir música, viajar e comer! Mas dessas três opções ela não sabe qual prefere mais 😂.

Deixe seu comentário

Materiais para você relacionados