Blog do Ninho

Acompanhe nosso blog de Marketing Digital com notícias sobre Marketing, novidades, ferramentas e tudo o que você precisa para traçar as melhores estratégias.

Home / Blog do Ninho / O que são os 4 Ps do marketing e qual a sua relevância em uma estratégia

O que são os 4 Ps do marketing e qual a sua relevância em uma estratégia

Publicado em: 11 de março de 2020

O que são os 4 Ps do marketing e qual a sua relevância em uma estratégia
Conecte-se no Linkedin: Linkedin

Principalmente para as empresas que estão entrando no mercado ou precisam reformular as suas ações de comunicação, os 4 Ps do Marketing são pilares fundamentais para uma estratégia de sucesso. Ao compreender o significado desse conceito, a tendência é que o equilíbrio apareça e, assim, os seus resultados se tornem ainda melhores.

Teoria é o que não falta quando o assunto é Marketing, certo? E você provavelmente já leu algumas delas e nunca colocou em prática dentro do seu negócio. Os 4 Ps do Marketing, porém, fazem parte de um dos conceitos mais conhecidos e utilizados por qualquer empresa que queira divulgar e promover uma campanha de comunicação.

Em tempos de transformação digital e avanços tecnológicos cada vez mais sensíveis no mercado, pode até ser estranho se basear em uma estratégia criada na década de 1960 para ter sucesso, porém, é um conceito essencial. Conhecer o real significado de Produto, Preço, Praça e Promoção é, portanto, fundamental para se destacar da concorrência.

Quando os quatro pilares são utilizados em equilíbrio, a tendência é que as suas ações se tornem muito mais eficientes, proporcionando uma experiência mais rica e precisa ao seu público-alvo. Ficou curioso e quer saber um pouco mais sobre esse conceito? Então continue a leitura deste artigo para tirar todas as suas dúvidas. Confira!

O que são os 4 Ps do Marketing?

Os 4 Ps do Marketing fazem parte de um dos conceitos mais importantes e básicos de qualquer estratégia de divulgação e promoção de uma marca, produto ou serviço. Na prática, representa os quatro pilares fundamentais para conseguir transmitir ao consumidor a sua mensagem com maior eficiência: Produto, Preço, Praça e Promoção.

Também conhecido como Mix de Marketing, esse conceito surgiu na década de 1960, quando Jerome McCarthy lançou o livro “Marketing Básico: Uma Visão Gerencial”. A estratégia só se tornou mais popular no mercado quando Philip Kotler, em 1967, escreveu uma versão mais prática com o livro Administração de Marketing: A Bíblia do Marketing.

Em resumo, a ideia é descobrir como posicionar o produto certo para o seu público-alvo na praça adequada, com o preço ideal e, assim, sendo promovido da maneira mais efetiva para conseguir impactar o consumidor. Quando esses quatro pilares estão em equilíbrio, a tendência é que esse posicionamento surja de maneira mais simples.

Não basta apenas lançar um produto e tentar vendê-lo em qualquer lugar, isso significa perda de tempo e recursos. Analisando cada um dos pilares adequadamente, a tendência é que os seus resultados sejam muito mais satisfatórios. A teoria, porém, é muito mais simples do que a prática e, portanto, é preciso conhecer mais cada um dos pilares.

O que significa cada um deles?

Mas, então, o que é preciso saber e responder sobre cada um dos pilares que compõem o Mix de Marketing? Detalhamos Produto, Preço, Praça e Promoção para que você consiga encontrar o equilíbrio entre cada setor e, assim, aumente as suas chances de sucesso.

Produto

O Produto indica, é claro, o principal ativo que uma empresa tem para oferecer ao mercado. Pode significar não apenas um item concreto para ser vendido — como roupas ou alimentos —, mas também um serviço, como uma agência de Marketing Digital ou a consulta com um médico. Na prática, é o que a organização faz de melhor para o cliente.

Nessa etapa, é fundamental compreender qual é a etapa do ciclo de vendas que ele se encontra, o que vai contribuir diretamente para a eficiência das suas ações e campanhas de promoção, por exemplo. O cenário ideal é conseguir entender as demandas e necessidades do consumidor para, assim, oferecer o produto mais propício ao seu público.

Preço

Outro pilar é o Preço, que representa o valor que o consumidor vai precisar desembolsar para poder adquirir o produto que a sua empresa oferece. Esse tópico é extremamente importante para qualquer empresa, principalmente quando falamos em saúde financeira à longo prazo, já que a escolha de preço interfere diretamente em toda a economia.

Afinal, é preciso encontrar um equilíbrio entre um valor que cubra os seus gastos para produzir ou adquirir aquele produto com um fornecedor e, ao mesmo tempo, caiba no bolso da sua persona. O desafio é conseguir uma margem de lucro satisfatória para os dois lados, já que não adianta nada vender muito se o produto, na prática, não se paga. 

Praça

Com o significado de espaço para comércio, Praça é exatamente o local em que o seu produto vai ser exposto ao consumidor. Com a transformação digital, essas possibilidades se ampliaram ainda mais, não se limitando apenas ao espaço físico com a criação de um e-commerce ou um marketplace, por exemplo. Representa o local em que a empresa vai se relacionar diretamente com o consumidor.

Aqui, o mais importante é decifrar o comportamento do consumidor: quais são os canais que o seu público-alvo costuma utilizar para fazer suas compras? A partir dessa resposta, é possível entender qual é a melhor praça para promover o seu produto. Acertar na escolha dos pontos de venda também interfere diretamente na performance das suas campanhas.

Promoção

Dentro do Mix de Marketing, Promoção não representa uma oferta mais barata ou um desconto ao consumidor, mas sim quais vão ser as ferramentas utilizadas para promover o seu produto até que ele chegue ao seu público-alvo. São, portanto, as ações de comunicação e Marketing para divulgar a sua marca e, é claro, o produto oferecido.

No ambiente digital, isso pode significar utilizar as redes sociais para engajar e apresentar os seus produtos ou mesmo uma estratégia de SEO (Search Engine Optimization) para se destacar organicamente. Também é importante entender o comportamento do consumidor nesse pilar para avaliar qual é a melhor forma de contato para gerar o impacto ideal.

Qual é a relevância desse conceito na sua estratégia?

Por mais importante que essa estratégia seja, os seus quatro pilares são termos básicos para qualquer empresa, certo? Afinal, qualquer negócio trabalho com algum produto, define um preço, escolhe o local para exposição e, é claro, faz a divulgação para incentivar as compras. O segredo, porém, está justamente no equilíbrio entre todas as partes.

Não à toa, algumas empresas fazem mais sucesso do que outras, o que significa que não basta conhecer os quatro pilares, é preciso potencializá-los e isso só acontece quando eles são executados em equilíbrio. Quando os 4 Ps são analisados e trabalhados em conjunto, fica muito mais fácil mostrar ao consumidor quais são os seus diferenciais competitivos.

A tendência é que, assim, o seu produto possa se destacar. Muitas vezes, você tem o produto certo, cria as ações certas de Marketing e Marketing Digital, define um preço adequado, porém, não o expõe na praça ideal para o seu público. Ou seja, basta que um dos pilares não esteja sincronizado para que a eficiência das suas ações seja reduzida.

Qual case de sucesso representa bem essa utilização?

Para exemplificar a utilização correta e o equilíbrio entre os quatro pilares dos 4 Ps do Marketing, separamos um case de sucesso que pode servir de inspiração para você replicar — de acordo com o perfil e objetivo da sua empresa — no seu negócio. Confira!

Havaianas

Quando falamos no conceito dos 4 Ps do Marketing, o case que melhor exemplifica o sucesso do equilíbrio entre os quatro pilares é, sem dúvidas, o da Havaianas. Atualmente, a empresa registra números cada vez maiores — como o crescimento de 73% lucro líquido de 2018 para 2019 —, mas a realidade nem sempre foi assim.

Até a década de 1980, os chinelos vendidos pela empresa eram vistos como os de mais baixa qualidade e voltados para o público com menor poder aquisitivo. Nos anos 90, porém, os modelos únicos de sola branca e tiras azuis deram lugar as Havaianas TOP, que ofereciam inúmeras opções de cores e um produto final de melhor qualidade.

Ao identificar essa necessidade no público, encontrou um preço que permitia uma margem de lucro maior e, mais importante, passou a investir na promoção dos produtos de forma que agradece o seu público-alvo. O sucesso foi tanto que até mesmo as Praças foram modificadas, com lojas exclusivas das Havaianas sendo abertas em shoppings.

Conhecer os 4 Ps do Marketing é, portanto, fundamental para que a sua estratégia de comunicação seja mais eficiente e, de fato, entregue aquilo que o seu público-alvo espera da sua marca. Em tempos de concorrência cada vez maior e clientes mais exigentes, a precisão que esse conceito pode proporcionar ao seu negócio é indispensável.

Como abordamos no início deste artigo, esse conceito foi criado ainda na década de 1960 e, até hoje, muita coisa mudou, certo? Que tal, então, conferir novos pilares que também se tornaram fundamentais para o sucesso de uma empresa atualmente? Confira, então, os 8 Ps do Marketing Digital e uma nova visão do Mix de Marketing!

Conteúdo produzido pela Rock Content.

Compartilhe esse conteúdo:
Facebook Twitter Whatsapp Linkedin
Sobre o(a) autor(a)
Camila
Linkedin
Camila Ribas

Sou Jornalista e especialista em Produção de Conteúdo e SEO. Atuei com empresas do Brasil inteiro, ajudando-as a conquistarem clientes e aumentarem as vendas por meio de leitura relevante e estratégias assertivas de conteúdo. Sou uma apaixonada por Marketing Digital, música, cinema, plantas, pets e Carmela.

Deixe seu comentário

Materiais para você relacionados

Entenda mais sobre o SEO
// Marketing Digital 20 de agosto de 2020

Entenda mais sobre o SEO

SEO é sigla para Search Engine Optimization, um conjunto de técnicas que têm o objetivo de garantir a presença de um site entre os primeiros colocados nos resultados do Google. Estratégias que aumentam (...)

Ler mais