Blog do Ninho

Acompanhe nosso blog de Marketing Digital com notícias sobre Marketing, novidades, ferramentas e tudo o que você precisa para traçar as melhores estratégias.

Home / Blog do Ninho / Como a pesquisa por voz pode impactar uma estratégia de Marketing Digital

Como a pesquisa por voz pode impactar uma estratégia de Marketing Digital

Como a pesquisa por voz pode impactar uma estratégia de Marketing Digital

Você lembra da comédia romântica Her protagonizada por Joaquin Phoenix? No filme o enredo gira em torno da relação pessoal existente entre um homem e uma assistente virtual, ativada por voz.
Esse é apenas um dos diversos filmes que nos mostram como a tecnologia pode afetar o nosso cotidiano.
Ainda que estejamos um pouco distantes dessa realidade, nós já temos à disposição incríveis assistentes digitais, como a Siri da Apple, Cortana da Microsoft e a Alexa da Amazon.
A pesquisa de voz do Google também tem ganhado destaque, com o Google Assistente, presente na maioria dos celulares Android.
Por isso, hoje eu quero mostrar alguns pontos interessantes sobre a pesquisa voz e alguns dados relevantes desse movimento que vem ganhando força.
Vamos lá?

Pesquisa por voz é tendência mesmo?

Olha só, de acordo com um estudo feito pela ComScore, até 2020 cerca de 50% de todo o volume de pesquisas será feito por voz. Curioso, né? Ou seja, a forma como estamos acostumados a buscar por conteúdo está prestes a mudar, seguindo uma tendência global.
Mas esse número não chega a ser um espanto, já que apenas 3 anos atrás o Google já nos informava que as pesquisas por voz em aparelhos mobile atingia os 20%. De lá pra cá muita coisa tem mudado, evoluído e as empresas estão aprimorando as formas de entregar conteúdo relevante com a Inteligência Artificial.
O infográfico abaixo traz algumas informações legais para que possamos ficar de olho no crescimento da pesquisa por voz e como isso pode afetar as estratégias de marketing digital.

Voice Search Ninho
Infogram

Qual é o público fiel da pesquisa de voz?

A pesquisa por voz está em uma verdadeira crescente de uso, afinal, as pessoas estão percebendo que é muito mais fácil – e rápido – falar do que digitar. O número de usuários é maior entre os adolescentes, mas isso não significa que outros públicos não utilizam o mecanismo de busca, ao contrário, os adultos estão logo atrás quando o assunto é pesquisa por voz.
De acordo com o Google, 55% dos adolescentes e 41% do público adulto utiliza pesquisa por voz em mais de uma ocasião ao dia.

A estratégia de marketing com base no comportamento de pesquisa de voz

Assim como qualquer outra estratégia de marketing digital, o comportamento do consumidor deve ser um dos pontos principais do planejamento. E quando estamos falando de ferramentas ainda não tão populares, como a pesquisa de voz, esse cuidado deve ser ainda maior.
Entender a ocasião em que a pesquisa por voz é utilizada é fundamental para que seja possível planejar o conteúdo e ações para impactar esses usuários. Por isso, quero mostrar as principais situações onde a funcionalidade é utilizada, tanto por jovens como por adultos, olha só:
Adolescentes
43% utilizam para ligar para alguém
38% utilizam para pedir informações
31% utilizam para ajuda com tarefas escolares
30% utilizam para tocar uma música
20% utilizam para descobrir horários de filmes
13% utilizam para checar a hora
Adultos
40% utilizam para pedir informações
39% utilizam para ditar textos
31% utilizam para ligar para alguém
11% utilizam para checar a hora
11% utilizam para tocar uma música
9% utilizam para descobrir horários de filmes
Dados do Google.

A importância dos números

Esses números são importantes para que possamos definir um ponto de partida para as estratégias de marketing com pesquisa de voz.
Ainda é baixo o volume de buscas por conteúdo, por exemplo. Mas para coisas pontuais, como músicas e horários de filmes, há uma grande chance de posicionar sites e informações que possam ser entregues ao usuário que faz essa busca.
Outro ponto importante para considerarmos, é o ambiente onde esses usuários estão mais aptos a utilizarem a tecnologia de busca por voz. Boa parte desse público costuma utilizar a ferramenta nos momentos em que estão realizando outras atividades em paralelo, como quando estão cozinhando, com amigos, se exercitando ou até mesmo no banheiro, como mostra o gráfico abaixo:
pesquisa-por-voz-estudo
Dia após dia as estratégias de marketing digital encontram novas possibilidades para conquistar novos clientes, captar leads, leitores e defensores de marca.

A pesquisa de voz e o algoritmo do Google

O gigante da tecnologia sempre deixou claro seus investimentos para que o conteúdo entregue aos usuários na busca seja o mais relevante possível. E esse papo não é de hoje. Lá em 2013 houve uma grande atualização dos algoritmos do Google, conhecido como Hummingbird.
Essa atualização passou a considerar o verdadeiro intuito de uma busca e o contexto aos quais as consultas eram feitas. Com isso, profissionais da era digital tiveram que se adaptar ao novo método, trabalhando conteúdos realmente úteis e valiosos ao público, ao invés da tradicional tática de palavras-chave.
A semântica do conteúdo também é levada em consideração durante as buscas por voz, uma vez que a experiência do usuário é baseada no Processamento de Linguagem Natural – PLN. Dessa forma é possível identificar comportamento, interesses e até mesmo a textura da voz.
A ideia é que o motor de busca passe a aprender o seu padrão de busca para oferecer a você o conteúdo mais adequado.

Dicas de SEO para pesquisa por voz

Os usuários usam perguntas, use você também

Como nós vimos acima, os usuários ainda utilizam muito a busca por voz do Google para dúvidas pontuais, como horários, locais etc. Pensando nisso, devemos considerar que de modo intuitivo a busca seja feita como se fosse mesmo uma pergunta a alguém.
E se tratando de busca, alguns termos podem se destacar quando a pergunta é feita, como:

  • Onde
  • Quando
  • Como
  • Qual
  • Por que

Por isso, para ter mais chances de rankeamento diante da busca por voz, opte por usar esses mesmo termos no seu conteúdo ou site, sem esquecer é claro da relevância para o usuário e principalmente responder pela dúvida que ele está buscando resolver.

Invista em conteúdo para feature snippet

Conhecido também como Posição Zero do Google, o feature snippet é o resultado de busca que aparece em destaque quando o usuário faz a busca.

Com um box que deixa o resultado em evidência, a posição zero é o sonho de qualquer profissional de search marketing, já que o link recebe até 40% mais acessos.
Os sites com maiores chances de conquistar a posição zero são os que mais entendem a intenção de busca dos usuários e mais conseguem responder as suas dúvidas, de forma simples e intuitiva, sem deixar de lado a semântica e o conteúdo otimizado.
Essas são algumas dicas de otimização para busca por voz. Você também pode dar uma olhadinha no conteúdo que a SEMRush preparou sobre o assunto.
Gostou das dicas? continue acompanhando o Blog do Ninho para mais conteúdo sobre SEO, Marketing Digital e tendências 😉
Não esqueça de compartilhar o conteúdo <3

Compartilhe esse conteúdo:
Facebook Twitter Whatsapp Linkedin
Sobre o(a) autor(a)
João
Deixe seu comentário

Materiais para você relacionados