Blog do Ninho

Acompanhe nosso blog de Marketing Digital com notícias sobre Marketing, novidades, ferramentas e tudo o que você precisa para traçar as melhores estratégias.

Home / Blog do Ninho / Como a pesquisa por voz pode impactar uma estratégia de Marketing Digital

Como a pesquisa por voz pode impactar uma estratégia de Marketing Digital

Publicado em: 10 de maio de 2019

Como a pesquisa por voz pode impactar uma estratégia de Marketing Digital

Você lembra da comédia romântica Her protagonizada por Joaquin Phoenix? No filme o enredo gira em torno da relação pessoal existente entre um homem e uma assistente virtual, ativada por voz. Esse é apenas um dos diversos filmes que nos mostram como a tecnologia pode afetar o nosso cotidiano.

Ainda que estejamos um pouco distantes dessa realidade, nós já temos à disposição incríveis assistentes digitais, como a Siri da Apple, Cortana da Microsoft e a Alexa da Amazon.

A pesquisa de voz do Google também tem ganhado destaque, com o Google Assistente, presente na maioria dos celulares Android.

Por isso, hoje eu quero mostrar alguns pontos interessantes sobre a pesquisa voz e alguns dados relevantes desse movimento que vem ganhando força. Vamos lá?

Pesquisa por voz é tendência mesmo?

Olha só, de acordo com um estudo feito pela ComScore, até 2020 cerca de 50% de todo o volume de pesquisas será feito por voz. Curioso, né? Ou seja, a forma como estamos acostumados a buscar por conteúdo está prestes a mudar, seguindo uma tendência global.

Mas esse número não chega a ser um espanto, já que apenas 3 anos atrás o Google já nos informava que as pesquisas por voz em aparelhos mobile atingia os 20%. De lá pra cá muita coisa tem mudado, evoluído e as empresas estão aprimorando as formas de entregar conteúdo relevante com a Inteligência Artificial.

O infográfico abaixo traz algumas informações legais para que possamos ficar de olho no crescimento da pesquisa por voz e como isso pode afetar as estratégias de marketing digital.

Qual é o público fiel da pesquisa de voz?

A pesquisa por voz está em uma verdadeira crescente de uso, afinal, as pessoas estão percebendo que é muito mais fácil – e rápido – falar do que digitar. O número de usuários é maior entre os adolescentes, mas isso não significa que outros públicos não utilizam o mecanismo de busca, ao contrário, os adultos estão logo atrás quando o assunto é pesquisa por voz.

De acordo com o Google, 55% dos adolescentes e 41% do público adulto utiliza pesquisa por voz em mais de uma ocasião ao dia.

A estratégia de marketing com base no comportamento de pesquisa de voz

Assim como qualquer outra estratégia de marketing digital, o comportamento do consumidor deve ser um dos pontos principais do planejamento. E quando estamos falando de ferramentas ainda não tão populares, como a pesquisa de voz, esse cuidado deve ser ainda maior.

Entender a ocasião em que a pesquisa por voz é utilizada é fundamental para que seja possível planejar o conteúdo e ações para impactar esses usuários. Por isso, quero mostrar as principais situações onde a funcionalidade é utilizada, tanto por jovens como por adultos, olha só:

Adolescentes

  • 43% utilizam para ligar para alguém
  • 38% utilizam para pedir informações
  • 31% utilizam para ajuda com tarefas escolares
  • 30% utilizam para tocar uma música
  • 20% utilizam para descobrir horários de filmes
  • 13% utilizam para checar a hora

Adultos

  • 40% utilizam para pedir informações
  • 39% utilizam para ditar textos
  • 31% utilizam para ligar para alguém
  • 11% utilizam para checar a hora
  • 11% utilizam para tocar uma música
  • 9% utilizam para descobrir horários de filmes
    Dados do Google.

A importância dos números

Esses números são importantes para que possamos definir um ponto de partida para as estratégias de marketing com pesquisa de voz.

Ainda é baixo o volume de buscas por conteúdo, por exemplo. Mas para coisas pontuais, como músicas e horários de filmes, há uma grande chance de posicionar sites e informações que possam ser entregues ao usuário que faz essa busca.

Outro ponto importante para considerarmos, é o ambiente onde esses usuários estão mais aptos a utilizarem a tecnologia de busca por voz. Boa parte desse público costuma utilizar a ferramenta nos momentos em que estão realizando outras atividades em paralelo, como quando estão cozinhando, com amigos, se exercitando ou até mesmo no banheiro.

Dia após dia as estratégias de marketing digital encontram novas possibilidades para conquistar novos clientes, captar leads, leitores e defensores de marca.

A pesquisa de voz e o algoritmo do Google

O gigante da tecnologia sempre deixou claro seus investimentos para que o conteúdo entregue aos usuários na busca seja o mais relevante possível. E esse papo não é de hoje. Lá em 2013 houve uma grande atualização dos algoritmos do Google, conhecido como Hummingbird.

Essa atualização passou a considerar o verdadeiro intuito de uma busca e o contexto aos quais as consultas eram feitas. Com isso, profissionais da era digital tiveram que se adaptar ao novo método, trabalhando conteúdos realmente úteis e valiosos ao público, ao invés da tradicional tática de palavras-chave.

A semântica do conteúdo também é levada em consideração durante as buscas por voz, uma vez que a experiência do usuário é baseada no Processamento de Linguagem Natural – PLN. Dessa forma é possível identificar comportamento, interesses e até mesmo a textura da voz.

A ideia é que o motor de busca passe a aprender o seu padrão de busca para oferecer a você o conteúdo mais adequado.

Dicas de SEO para pesquisa por voz

Os usuários usam perguntas, use você também

Como nós vimos acima, os usuários ainda utilizam muito a busca por voz do Google para dúvidas pontuais, como horários, locais etc. Pensando nisso, devemos considerar que de modo intuitivo a busca seja feita como se fosse mesmo uma pergunta a alguém.

E se tratando de busca, alguns termos podem se destacar quando a pergunta é feita, como:

  • Onde
  • Quando
  • Como
  • Qual
  • Por que

Por isso, para ter mais chances de rankeamento diante da busca por voz, opte por usar esses mesmo termos no seu conteúdo ou site, sem esquecer é claro da relevância para o usuário e principalmente responder pela dúvida que ele está buscando resolver.

Invista em conteúdo para feature snippet

Conhecido também como Posição Zero do Google, o feature snippet é o resultado de busca que aparece em destaque quando o usuário faz a busca.

Com um box que deixa o resultado em evidência, a posição zero é o sonho de qualquer profissional de search marketing, já que o link recebe até 40% mais acessos.

Os sites com maiores chances de conquistar a posição zero são os que mais entendem a intenção de busca dos usuários e mais conseguem responder as suas dúvidas, de forma simples e intuitiva, sem deixar de lado a semântica e o conteúdo otimizado.

Essas são algumas dicas de otimização para busca por voz. Você também pode dar uma olhadinha no conteúdo que a SEMRush preparou sobre o assunto.

Gostou das dicas? continue acompanhando o Blog do Ninho para mais conteúdo sobre SEO, Marketing Digital e tendências 😉

Não esqueça de compartilhar o conteúdo <3

Compartilhe esse conteúdo:
Facebook Twitter Whatsapp Linkedin
Sobre o(a) autor(a)
João
Deixe seu comentário

Materiais para você relacionados