Se você está por dentro do que rola no Marketing Digital e nas técnicas de SEO, já deve ter ouvido falar do Neil Patel, certo? Ele é um grande especialista no assunto e está sempre publicando conteúdo inovador para fazer com que qualquer um saiba como aparecer no Google entre as primeiras posições. Seu material mais recente foi divulgado e fala sobre o link building e como ele pode contribuir com suas dicas de SEO.


O link building é uma técnica que pode ajudar muito sua página a aparecer na pagerank do Google. Mas não é tão simples quanto parece: dependendo de como a estratégia é construída, o Google entende a prática como violação e simplesmente seu site deixa de aparecer nas primeiras páginas do buscador. Rancoroso, não?

Para ajudar você a entender melhor sobre o que o estudo do Neil Patel concluiu e como você pode agradar o Google com o que existe de mais eficiente em SEO e ranqueamento, fica com a gente!

como-aparecer-no-google-link

Link building: como funciona

No Marketing Digital, chamamos de Link Building a prática de construir linkagens externas que apontem para um site. O objetivo é criar autoridade, aumentar a visibilidade da página, gerar tráfego e marcar presença no pagerank do Google.

Não é simplesmente conversar com o amigo que tem um blog e pedir para que ele faça linkagens sem critério para o site do seu negócio. É preciso pensar em qualidade, relevância e quantidade para que o buscador entenda como necessária a sua presença em outra página. É como se fosse uma pontuação em que cada link tem um peso e que, quanto maior a autoridade e a credibilidade da fonte, maior o valor.

Imagine que você tem um site sobre pesca e resolve linkar uma página sobre móveis de madeira. Não faz muito sentido, não é mesmo? O Google reconhece isso e percebe se a linkagem é coerente ou não.

As fases do estudo detalhado de Neil Patel sobre linkbuilding

A pesquisa de um dos ingleses mais influentes do Marketing Digital foi composta de diversas etapas. Veja abaixo como tudo aconteceu.

Os critérios de participação

Com milhares de interessados em fazer parte deste estudo, Patel decidiu estabelecer algumas regras de participação. Foram elas:

  • baixa pontuação de domínio: sites com menos autoridade permitiriam identificar melhor a influência do experimento;
  • baixo número de backlinks: pelo mesmo motivo acima, sites com muitas linkagens externas não seriam selecionados;
  • subdomínio próprio: não foram aceitos sites criados com WordPress, Medium ou Tumblr, por exemplo;
  • sites em inglês: simplesmente por serem mais acessados do que endereços em outros idiomas.

Depois dessa filtragem, foram selecionados 200 parceiros, que deveriam escrever conteúdos entre 1800 e 2000 palavras. Esse era o único requisito de conteúdo. Depois publicados, os conteúdos foram analisados após 30 dias no ar.

A metodologia

O experimento demorou dez meses para ser concluído, visto que foram muitos os estudos e observações a serem feitos. Por conta disso, Patel avaliou os “pacotes”, dividindo os sites em dez grupos de 20. Cada grupo desse utilizou uma estratégia de linkagem — a ideia era verificar se isso faria ou não diferença no ranqueamento. Veja como foram divididos.

  • Controle: esse grupo só escreveu conteúdo.
  • Texto âncora: links ricos em páginas irrelevantes.
  • Site inteiro: construção de um link de site inteiro para cada post.
  • Baseados em conteúdo: maioria de links no meio do conteúdo.
  • Links do mesmo site: site linkando várias vezes para um mesmo local.
  • Um link: um link de site relevante.
  • Link na barra lateral: três links na barra lateral de três sites diferentes.
  • Nofollow: três links nofollow.
  • Alta autoridade: um link com autoridade de domínio alta.
  • Link construído e removido: três links construídos e removidos depois de serem rastreados pelo Google.

Essas categorias foram, então, estudadas uma a uma. Calma, você vai entender melhor.

como-aparecer-no-google-seo

O link building na prática

Curte um resumão? Então fica ligado em tudo o que o experimento de link building concluiu.

  • Quanto mais antigo for o seu conteúdo, mais alto será o seu ranqueamento no Google. Ainda que você não chegue tão longe assim, depois de seis meses você pode ranquear até cinco vez mais palavras-chave.
  • O texto âncora, de fato, contribui muito para ranquear os links. É um dos aspectos mais relevantes para quem quer figurar entre as primeiras posições.
  • Mesmo que o site que linkou você não tenha nada a ver com seu conteúdo, ele beneficiará sua página se tiver um conteúdo rico e com credibilidade na web.
  • Links de site inteiro fazem diferença, mas não muita.
  • Links inseridos em conteúdos relevantes e que não são ricos em texto âncora têm praticamente a mesma eficiência dos links ricos em textos âncora irrelevantes.
  • Ao contrário do que muitos especialistas apontam, o experimento mostrou que você terá, sim, melhor ranqueamento caso um site linke para você várias vezes.
  • Quanto mais backlinks relevantes, mais fácil você estar entre os 100 primeiros resultados do Google.
  • Links na barra lateral ajudam você a aparecer nas pageranks. Mesmo assim, na hierarquia, do mais eficiente para o menos a ordem é a seguinte: link dentro do conteúdo, link de barra lateral e link de rodapé de site inteiro.
  • Links nofollow não têm impacto algum no ranqueamento. Simplesmente não são contabilizados.
  • Leve isso pra vida: links de alta autoridade pesam mais do que links irrelevantes ricos em texto âncora.
  • Caso você tenha links removidos, seu ranking pode, sim, cair.

Essas dicas de SEO para site são imprescindíveis para que você aumenta sua visibilidade. O Google pode parecer um mistério, mas com algumas práticas fica mais fácil entender como ele estuda as linkagens e como é feito o pangerank do buscador. Para mais detalhes, faça o download do estudo completo de Neil Patel.

Aqui no Ninho a gente está sempre atento às pontuações de domínio dos nossos clientes, com cases de sucesso e buscando sempre links ricos e que estejam presentes em sites realmente relevantes. Após o rebranding de marca, o novo Ninho está ainda mais comprometido e pronto para os desafios da sua empresa.

Trabalhe com profissionais que realmente entendem como aparecer no Google e com uma equipe comprometida com o seu crescimento. Entre em contato com a gente e veja as soluções que temos para você!

Comentários(0)

Deixe um comentário